33 | às vezes é só um sorriso

Num dia comum, meio morno, meio fresco, meio ameno à meia luz, debaixo de um céu nublado iluminado pela claridade de domingo em plena sexta. Um dia tão normal que é até meio sei lá, um daqueles que não tem muito de nada, mas tem só o suficiente pra não ter nada demais. Um dia preguiçoso, mas ativo, movimentado, mas devagar. Um dia de veludo desgastado que em algum momento foi macio e agora é pano. Num dia comum, agradável e nem um pouco memorável, uma coisa tão pequena, tão minúscula e tão insignificante aconteceu e se aninhou em meu coração de tal jeito que, pelo menos nesse momento, me parece que não vou esquecer jamais.

No meio das várias pequenas coisas que eu fazia chegou uma entrega e fui à portaria buscar. Caminhando cabisbaixa e de olhar preguiçoso, pensando na vida sem pensar em nada, eu voltava ao apartamento carregando as várias sacolas nas mãos. Indo e vindo passei por várias pessoas, vários boas-tardes, alguns oi-tudo-bons e também ignoradas. Indo e vindo como sempre fui e voltei, como sempre vou e volto, como sempre se faz.

Uma menina vem na direção contrária, a vejo pelo topo dos olhos que olham para o chão, eles se levantam sem pensar e se encontram com os dela. Nada acontece, só nos olhamos. Não sei quantos anos ela tem, parece uma criança, parece ter a minha idade, parece uma velha. Seus cabelos ruivos caem por cima da camiseta preta com alguma coisa escrita que eu não li.

Talvez tenha sido o dia, talvez meu estado interior, talvez um conforto que por algum motivo ela me passou, mas não falo nada. Sorrio o sorriso mais lento que já sorri na minha vida. Ela recebe meu sorriso e com nossos olhos ainda juntos sorri um sorriso no mínimo tão lento quanto o meu. Abaixo os olhos e continuo meu caminho da mesma forma como o comecei, cabisbaixa e de olhar preguiçoso, pensando na vida sem pensar em nada, mas carregando comigo agora além das várias sacolas nas mãos um sorriso de uma pessoa que eu não conheço e provavelmente nunca vou conhecer, que não preciso conhecer porque naquele momento que durou muito pouco e todo o tempo do mundo eu a conheci e conheci também a mim.

7 de outubro de 2022

--

--

pelo visto esse é o meu diário

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store