125 | tá tudo bem, mas também não tá nem um pouco, mas tá tudo bem

Eu só queria parar o tempo um pouco sabe? Só um pouquinho, só pra eu me organizar, só pra eu conseguir me colocar em pé pra caminhar direito, pra ir pra algum lugar, pra tomar alguma decisão, pra conseguir fazer qualquer mínima coisa direito porque do jeito que tá nem a minha casa eu consigo mais manter, nem eu mesma, nem nada. Não consigo manter nada, não consigo fazer nada, não consigo, não consigo

O mínimo já é tão grande e tão longe e se eu consigo fazer uma fração do mínimo já me parece muito e me sinto esgotada e preciso de tempo pra me recuperar, mas o tempo não para pra eu me recuperar, o tempo não para pra eu me ajeitar, o tempo não para, ele só acelera cada vez mais e cada vez mais eu me sinto um ratinho tentando correr na roda que gira rápido demais e ele fica só sendo jogado pra cima e pra baixo se debatendo porque perdeu o ritmo e agora não consegue mais nem alcançar a roda e nem sair da roda, talvez em algum momento ele seja jogado pra fora da roda e talvez ele se lasque inteiro na queda e talvez essa seja ainda a melhor opção no final das contas

Não consigo pensar em nada, só consigo sentir uma caralhada de coisa ao mesmo tempo e chorar. Sentir e chorar e chorar e sentir e fazer comida e varrer o chão e lavar roupa e lavar roupa e lavar roupa porque meu deus de onde vem tanta roupa pra lavar e dar comida pros gatos e sentir e chorar e chorar e sentir e varrer o chão e trocar a roupa de cama e lavar tênis e lavar louça e arrumar a casa e arrumar a casa e arrumar a casa e limpar banheiro e dar comida pros gatos e fazer comida pra mim e pensar no que precisa comprar e fazer compras e me desesperar porque preciso trabalhar mas não consigo trabalhar porque não consigo me organizar porque não consigo pensar porque eu só consigo ser jogada de um lado pro outro há não sei quanto tempo e eu não consigo nem fazer a minha meia hora de yoga e eu não consigo nem ler umas míseras páginas e eu não consigo nem hidratar a minha pele ressecada porque acabou o creme mas o creme custa dinheiro e eu não consigo trabalhar porque eu não consigo pensar porque eu não consigo fazer nada eu só preciso parar um pouco só um pouco eu preciso parar um pouco por favor só um pouco me deixa parar um pouco por favor

E aí eu me sinto ridícula porque tem tanta gente que tem tanto mais coisa acontecendo e tem vidas tão mais difíceis porque, sejamos sinceros, a minha vida não é nem um pouco difícil mas nem um pouco mesmo e eu nem preciso me esforçar tanto eu só preciso fazer esse mínimo e eu não consigo fazer esse mínimo e continuo aqui no meu privilegiozinho podendo não fazer nada e podendo sentir e podendo chorar e podendo não pensar e podendo não conseguir

E eu sei que é coisa de momento e que logo vai passar, mas um ano atrás eu já estava nessa e sim melhorei em alguns momentos e deu certo em alguns momentos mas já faz um tempo que é tudo demais e eu não sei se sou eu que sou muito fraca ou se eu só sou exagerada mesmo e eu preciso só tomar vergonha na cara, mas até isso tá difícil

E eu sei que eu vou me arrepender de escrever isso aqui porque eu me sinto ridícula e eu sei que é ridículo e ao mesmo tempo eu sei que não é nem um pouco ridículo e é por isso que eu tô escrevendo ainda porque eu vejo todo mundo ao meu redor nessa mesma crise e desse mesmo jeito e eu acho que a gente só perdeu muito mais do que a gente poderia imaginar com tudo isso que aconteceu nesses últimos anos sabe eu acho que a gente se lascou legal essa nossa geração, a gente se lascou legal mesmo a gente tá tudo fodido da cabeça a gente tá só muito fodido a gente se deu muito mal com tudo isso que aconteceu e eu não sei se a gente um dia vai conseguir se recuperar mas eu espero que sim eu realmente espero que sim eu preciso que sim por favor a gente precisa dar um jeito de conseguir funcionar

E eu sei que vai dar tudo certo, eu sinto que vai, eu sei eu sei eu sei que vai e eu sei que eu consigo e eu vejo todo mundo incrível todo mundo um absurdo de incrível e todo mundo em crise e eu sei que vamos todos pra frente porque não é possível que não vai dar certo esse tanto de talento e dedicação investida mas ao mesmo tempo é tão difícil e a gente só quer fazer o que a gente ama sabe a gente só quer ser feliz é só isso nem é muita coisa a gente só não quer ser infeliz como a gente cresceu vendo todo mundo ao nosso redor vivendo infeliz a gente só quer ser feliz e a gente tenta se ajudar a gente tenta e a gente se dá as mãos e se ouve e se abraça e se ajuda e às vezes parece que vai mas aí empaca de novo e a gente cai no buraco de novo e eu não sei o que é que acontece e eu sei que tudo isso é um sinal claro pra eu voltar pra terapia eu sei e eu vou mas eu não consigo nem fazer o mínimo sabe tá foda sabe tá foda mas vai dar tudo certo eu sei só tá foda sabe mas tá tudo bem não precisa se preocupar não tá tudo bem tá tudo certo só tô um pouco sobrecarregada no momento comigo mesma e com a vida e com tudo mas vai dar tudo certo tá tudo bem tá tudo bem eu juro

7 de janeiro de 2023

--

--

pelo visto esse é o meu diário

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store