193 | é, parece que voltei

mari
2 min readMar 17, 2023

Depois de ler meus últimos textos você me falou que eu voltei e eu não entendi na hora, não tinha visto nada de relevante e inclusive achei tudo, sinceramente, meio mais ou menos, mas ontem eu senti e hoje eu entendi. Eu voltei! Não sei bem de onde e nem desde quando, mas não restam dúvidas de que eu tinha me ausentado de mim por um bom tempo. Pelo menos desse lado de mim. Estive andando por outras bandas, umas mais sombrias e assustadoras, desconhecidas. Estive andando devagar e assustada, me segurando bem perto de mim para não me perder.

Agora sinto o vento fresco tocar meu rosto e a luz do fim do túnel já me cerca por inteiro. Me sinto eu de novo. É a minha mente, sabe? Sinto ela se encaixando de volta no lugar e faz sentido considerando que venho suplementando os nutrientes que me faltavam e que estavam afetando justamente adivinha o quê? Ela mesma.

Não sei dizer exatamente o que é e nem descrever essa diferença, ela é quase imperceptível a não ser pela sensação de absoluto bem-estar que reina dentro de mim, de falar alguma coisa e não questionar cada palavra, de saber que eu sei o que eu estou falando, mesmo que ainda não consiga fazer muito sentido, de conseguir segurar um pensamento na mão, porque é só agora que percebo o quanto eles estiveram esvoaçando, ironicamente, etéreos ao meu redor.

Agora minhas ideias tem peso de novo, se tornam elas matéria dentro da minha cabeça e consigo colocar um tijolo na frente do outro. É como se eu tivesse tomado banho e a camada de lama que esteve grudada em meu corpo esse tempo todo finalmente tenha saído. Me sinto limpa, me sinto leve, me sinto renovada, me sinto pronta.

Quero voltar a escrever mais, não só isso aqui, não só vomitar sentimentos, não só espiralar confusões, mas estruturar minhas ideias com começos, meios e fins e trazer referências e reflexões e efetivamente falar sobre esse tanto de conhecimento que eu adquiro por aí e esse tanto de associações tão especiais que meu pequeno cérebro cansado consegue fazer e que eu amo de coração.

Mesmo que eu esteja com dificuldade de focar nesses últimos dias porque meu pensamento vai para mil lugares ao mesmo tempo e eu esteja falando rápido e desconectado e ainda me falte o vocabulário de vez em quando e que eu ainda não esteja exatamente no nível de capacidade que eu sei que consigo ter, depois de um bom tempo me sinto inteligente de novo e isso é maravilhosamente refrescante. Ufa, voltei.

16 de março de 2023

--

--