235 | aos poucos

aérea
2 min readApr 28, 2023

Tem certas vezes que certas coisas acontecem e eu não sei se elas realmente são novas ou se são feito prédio velho no mesmo caminho de sempre para casa, aquele que os olhos enxergam mas a mente nunca pensou em registrar até que um dia puf. Me deparo com uma dessas toda vez que cruzo os olhos com um espelho em meio a uma frase, milésimos antes de o sorriso enxergar também, antes que ela se feche feito anjo de pedra sob qualquer olhar, até o próprio.

Sinto minha mente se cansar muito antes do normal. Difícil medir pensamento, mas estar aqui é uma boa unidade de medida. Subir os sete degraus desse parágrafo me fez ofegar como se fossem cinco páginas. Me sinto cansada, exausta, e meu cérebro treme fora de forma. Será que é a janta que foi só uma cenoura? Mas não é só isso, não é só hoje. Me sinto pouco a pouco perder o fôlego. A vontade é de largar parágrafos pela metade porque simplesmente não consigo mais continuar seguindo nas linhas. Sei que tem muito mais além e quero mais do que tudo chegar lá, mas desisto no meio por não aguentar nem mais um segundo de atenção.

Esses dias — ontem? — falei que depois de já ter passado mais da metade do meu ano de escrita diária ainda não entendi qual é o propósito de eu estar aqui. Ué, claro, ainda não acabou, você respondeu, ao que eu fiz a cara de é verdade, você tem um ponto que tanto faço na sua presença. Acho que esse é um dos mini momentos que eu acho que entendo, quando tenho a opção de passar por cima de qualquer coisa para falar exatamente o que eu quero ou incorporar ao registro o meu estado interno. Queria continuar o que dizia no primeiro parágrafo e talvez ainda vá, mas primeiro preciso falar sobre como não consigo. O não conseguir faz parte, talvez até mais do que qualquer outra coisa.

Estou melhorando, mas ainda não estou bem e a calmaria emocional depois de tanto tempo de tormenta finalmente me permite perceber a extensão dos danos causados à minha cabecinha que hoje se esconde nas sombras da máquina que já foi um dia. Ainda estou em processo de recuperação, ainda não acabou, o processo é longo.

Paciência.

27 de abril de 2023

--

--