24 — alergia

Minha pele coça inteira. Parece ser aquela minha velha alergia a ficar muito vestida por muito tempo, quando o excesso de calças justas faz a pele gritar. Também eu tenho vontade de gritar quando encontro pela milésima vez a janela que escancaro o tempo todo fechada, logo eu que, como minha pele, também preciso de ar fresco para respirar.

Lembrei que meu cabelo não gosta de umidade tanto quanto minha pele não gosta de roupas apertadas, e esse frio úmido leva os dois a passarem o dia inteiro reclamando em meus ouvidos. Faria sentido que minha pele ressecada gostaria de não estar cercada de secura, mas não, ela parece ser tão do contra quanto eu.

Hoje discuti com minha mãe. "Discuti". Daquele nosso jeito de falar as coisas mais absurdamente simples com tom de ferroada. Eu sei que ela só faz tantas perguntas porque quer entender e não para questionar tudo que eu falo, mas levanto paredes. Ela sabe que eu não estou realmente irritada e só cansada, mas levanta paredes. Pensando bem, nossa família inteira é muito boa em construir muralhas.

A "discussão" foi sobre o molho de tomate com ou sem cebola que na verdade todo mundo concorda que tanto faz e na verdade nunca teve nada a ver com isso. Fiz do meu jeito e todo mundo gostou. As discussões nunca tem nada a ver com o assunto discutido, né? É sempre muito mais embaixo. Eu realmente já estou bem cansada.

Parece que alergia é o que acontece quando começamos a nos sentir tão confinados dentro de nós quanto pele em calça jeans. Escrevo isso enquanto me coço inteira. Pelo visto meu corpo também sabe que já passou da hora de eu voltar para casa.

--

--

pelo visto esse é o meu diário

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store