74 | eu sei, eu sempre sei

Perguntas passam pela minha cabeça e, antes que eu cogite as direcioná-las a alguém, eu mesma me respondo. Chego à conclusão que não tenho o que perguntar. Me abro para que o que tenha que chegar até mim chegue e que espero que eu esteja preparada para receber o que vier. Peraí… Não. Espero? Não espero. Sei. Estou preparada para receber o que vier.

Desejo ter a sabedoria e a clareza para discernir meus pensamentos, mas se penso bem, sei quando estou estou em um bom estado interno ou não e sei que a sabedoria se cultiva quando se escolhe se cultivar. Também sei que ficar em um estado abaixo do que eu sei que sou capaz de estar é uma escolha que às vezes se faz necessária para viver uma experiência, um aprendizado ou para atravessar um período tortuoso, mas também sei quando é a hora de retornar ao meu ser e o que preciso fazer para tê-lo de volta.

Posso confiar no que eu acho que sei? Penso bem. Me lembro do que eu acredito e, quando penso na natureza, quando olho para o céu, quando sinto o calor do fogo em minha pele, o vento em meu rosto ou o chão frio sob meus pés eu sei, eu sempre sei, então confio.

Quando não sei o caminho, sigo o brilho nos meus olhos como estrelas no céu e uso o sorriso como ponteiro de bússola.

Sou parte do todo, mas todo não tem parte, então o todo também sou eu.

17 de novembro de 2022

--

--

pelo visto esse é o meu diário

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store